Megadeth novo lineup com KIKO LOUREIRO

Com os recém chegados baterista do LAMB OF GOD, Adler baterista e o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, mais conhecido por seu trabalho com ANGRA a nova formação do Megadeth fez sua estréia ao vivo na noite de sábado (18 de julho) no Festival D’été De Québec (também conhecido como por sua sigla FEQ, ou Quebec City Festival de Verão em Inglês), na cidade de Quebec, Quebec, Canadá.

Setlist do show:

01. Hangar 18
02. Wake Up Dead
03. In My Darkest Hour
04. Skin O’ My Teeth
05. Sweating Bullets
06. Tornado Of Souls
07. Dawn Patrol
08. Poison Was The Cure
09. Trust
10. Kingmaker
11. A Tout Le Monde
12. She-Wolf
13. Symphony Of Destruction
14. Peace Sells
15. Cold Sweat (THIN LIZZY cover)
16. Holy Wars… The Punishment Due

megadethetefestival

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Aquele momento que você quer transformar seu violão em uma mesinha de café.

“Thunderstruck” by Luca Stricagnoli.

ImageGen.ashxLuca nasceu em 1991, em Varese, Itália. Desde que ele era um jovem garoto que ele tem sido naturalmente talentoso com a guitarra. Ele começou a estudar violão clássico aos dez, mas pouco depois decidiu parar por um longo período. Mais tarde, ele retornou de onde havia parado, aprendendo novas técnicas, que ele então aperfeiçouo e as adaptou a seu estilos pessoal. As técnicas incluem guitarra não convencionais, além de outros instrumentos. Luca ganhou muitos shows de talentos e competições. Hoje, com a idade de 22, Luca está trabalhando em seu álbum de estréia com a Candyrat Records.

Mais informações https://www.candyrat.com/artists/LucaStricagnoli

Facebook https://www.facebook.com/lucastricagnolifanpage

 

Recupere-se logo Tony Iommi.

Começou mal 2012 com essa péssima noticia sobre um problema de saúde de Tony Iommi, desejo um recuperação breve ao mestre da guitarra. Só arrebentou uma corda Tony, troca ela e continue, precisamos disso.

Um grande número de músicos de hard rock e heavy metal tomaram o Twitter para oferecer melhores votos ao lendário guitarrista do Black Sabbath Tony Iommi, que anunciou hoje cedo que ele foi diagnosticado com os estágios iniciais do linfoma, um câncer dos linfócitos, um tipo de célula que faz parte do sistema imunológico.

Iommi, 63, está atualmente trabalhando com seus médicos para estabelecer o melhor plano de tratamento e mantém-se otimista e determinado a fazer uma recuperação completa e bem sucedida.

Integrantes do BLACK SABBATH – Ozzy Osbourne (vocais), Tony Iommi (guitarra), Geezer Butler (baixo) e Bill Ward (bateria) – estão compondo e gravando seu primeiro álbum em 33 anos em Los Angeles (ainda com lançamento previsto para este Outono ) com o produtor Rick Rubin. Eles agora vão para o Reino Unido para continuar a trabalhar com Tony.

ANTHRAX (band): “This really does suck. GET WELL SOON TONY!”

Slash (VELVET REVOLVER, GUNS N’ ROSES): “Best wishes for a full recovery to Tony Iommi.”

Robb Rivera (NONPOINT): “Just when i was happy to announce that I had finished his book last night, today I read this sad story about metal.”

David Draiman (DISTURBED): “Everyone please send their prayers/good vibes/best wishes to Tony Iommi for a speedy recovery; he has been diagnosed [with] lymphoma.”

Sebastian Bach (SKID ROW): “All hail the mighty Tony Iommi. & FUCK YOU, Cancer.”

Tommy Clufetos (OZZY OSBOURNE, ROB ZOMBIE, ALICE COOPER): “All my positive vibes to Tony Iommi of [BLACK SABBATH] for a healthy speedy recovery… A true rock legend!!”

Randy Blythe (LAMB OF GOD): “I absolutely insist that every single follower of mine, religious or not, send a prayer up for Tony Iommi. He has been diagnosed with lyphoma. It’s in its early stages — SABBATH is writing a new record, and they are continuing to. Iommi is the reason heavy metal exists. Pray for him. You pray to Crom, Odin, yourself — don’t care who. Just send up some positive vibes for Tony Iommi. This is terrible news for metal. I’ve toured with Iommi a coupla times. He is a gentleman and a living legend. Hopefully since it’s in early stages they can beat it pretty easily. But Iommi‘s not a young man, so think good thoughts! It is no secret that I have donated both my time, energy, facial hair, and a fair amount of my money to cancer research. I’ve walked the walk (literally) as well as talked the talk. However, there’s nothing wrong with positive vibes.”

Zakk Wylde (BLACK LABEL SOCIETY, OZZY OSBOURNE): “Big BL get well wishes out to Lord Iommi!!!”

Glenn Hughes (DEEP PURPLE, BLACK SABBATH, BLACK COUNTRY COMMUNION): “Prayers please for my brother Tony Iommi… We all pray for a full, speedy recover from cancer…. Much love…”

Angela Gossow (ARCH ENEMY): “Very, very sad to hear about Tony Iommi‘s cancer diagnosis. FIGHT! You never know what the future holds for you. Live and love every day!”

EXHORDER: “Get well soon Tony Iommi. Sad news.”

Frank Bello (ANTHRAX): “Get well soon Tony!!”

Richie Faulkner (JUDAS PRIEST): “My thoughts go out to Tony Iommi and I wish him a fast and full recovery.”

Gus G. (OZZY OSBOURNE, FIREWIND): “I’m in shock to hear the news about Tony Iommi. Get well soon ‘Iron Man’!! Your biggest fan.”

Michael Amott (ARCH ENEMY, CARCASS): “Here’s hoping for a solid and speedy recovery for my guitar hero Tony Iommi!”Tony Iommy

Peter Frampton recupera sua guitarra depois de 32 anos.

A guitarra Les Pauls perdida de PETER Frampton foi encontrada na ilha caribenha de Curaçao após 32 anos.
Dois fans colaboraram para o retorno da famosa Guitarra.

Essa guitarra Frampton usou em  Humble Pie e Frampton Comes Alive!, sendo que esse último já postei aqui como sendo o álbum ao vivo mais vendido da história fonográfica.
Há muito desaparecida, foi descoberta recentemente após o seu desaparecimento em um acidente de avião há 32 anos. Em 1980, um avião de carga com equipamentos de Frampton para um próximo show no Panamá caiu, supostamente destruindo todos os instrumentos a bordo, incluindo uma Gibson Les Paul 1954. Graças ao trabalho incansável de dois fãs dedicados, um na Holanda e um no Caribe Holandês ilha de Curaçao, bem como o CEO do Curaçao Tourist Board, Frampton se reuniu com a guitarra em uma reunião emocionante no mês passado em Nashville.O Curaçao Tourist Board ajudou a adquirir a guitarra de um indivíduo depois de saber da notícia. Juntos em Nashville na Custom Shop Gibson, com especialistas da Gibson Guitar e Peter Frampton, a equipe confirmou que era a guitarra original  de Frampton.

Essa guitarra foi dada a ele em 1970 por um homem chamado Mark Mariana quando Humble Pie tocou no Fillmore West. Frampton pediu emprestada a guitarra de Mariana para o show e depois tentou comprar dele: “Mas para minha surpresa ele disse que não poderia vendê-lo para mim, ele queria dar para mim!”, Observa.
 Frampton é êxtase puro por ter a guitarra de volta em suas mãos mais uma vez. “Ainda estou em estado de choque, primeiro porque ela ainda existe e ainda devolvida para mim. Eu sei que tenho minha guitarra, mas eu nunca vou esquecer as vidas que foram perdidas neste acidente. Sou muito grato aos esforços daqueles que tornaram isso possível … E, agora que ele está de volta eu vou segurá-la por 2 milhões de dólares e nunca vai sair da minha frente de novo! Foi sempre a minha #1 e vou reintegrá-la o mais rapidamente possível – alguns pequenos reparos são necessários. E, eu apenas não posso esperar para falar com Mark Mariana no telefone. “

Mustaine arriscando sua vida pelo rock

Frontman do Megadeth, Dave Mustaine arriscou danos permanentes ao tocar no concerto Big 4 no Yankee Stadium, com o Metallica, Anthrax e Slayer. “Eu estava em um hospital pela manhã, então terei de agendar uma cirurgia para depois do show,” o roqueiro disse à Rolling Stone. “Se eu me movesse naquela noite de forma errada, poderia ter ficado paralítico.” Felizmente, Mustaine conseguiu sair do show sem problemas.

Os guitarristas: Edward Lodewijk Van Halen

Me lembro, no verão de 1980, meu amigo Marcelo, joga uma fita cassete TDK em cima da mesa e me fala, “Cara, escuta isso e depois a gente conversa”.  Na fita tinha um nome escrito, que nunca mais esqueceria, VAN HALEN. OK, coloca a bagaça na radio-gravador, dá aquela ajustada no azimute, pra ter a melhor qualidade de graves e agudos e pronto. A fita tinha as músicas do LP VAN HALEN, e já começava com Running with the Devil, e logo a seguir Eruption. Uau, quem era esse guitarrista, começava ali minha admiração por Eddie Van Halen, é assim que ele é conhecido.

É filho de Jan Van Halen e Eugenia Van Halen. Viveu em Amsterdã até 1962, quando sua família mudou-se para Pasadena, Califórnia, Estados Unidos.
Juntamente com seu irmão Alex Van Halen, Eddie fundou a banda Van Halen, famosa internacionalmente no campo do hard rock. Hoje em dia, conta com seu filho, Wolfgang Van Halen, como baixista do Van Halen.
Eddie tocava bateria e teclado e Alex seu irmão guitarra. A sorte foi que Alex ficou melhor na bateria, sobrando a guitarra para Eddie, que sorte a nossa. Eddie Van Halen é considerado um dos melhores guitarristas que o mundo já se conheceu, sua rapidez e criativade chamaram atenção do mundo logo no seu primeiro disco Van Halen, com a faixa “Eruption”. Dizem as más línguas que Eddie atochava o volume no máximo e aumentava a potência de seus amplificadores a cada show, usando o máximo de força que seus amplificadores podem aguentar, esperto né. Ele popularizou a técnica do tapping, consiste em utilizar uma ou as duas mãos para “martelar” (tap) notas na escala, ligando-as, adquirindo assim efeito de grande velocidade.
Equipamento: (dados colhidos pela web)
Guitarras Kramer Frankestein construídas por ele mesmo; Corpo em Alder ou basswood (dependendo de cada modelo, Braço em Maple, Captadores DiMarzio PAF,Ponte Floyd Rose, Amplificadores Marshall Superlead Plexi “envenenados”, Pedais MXR Chorus, Flanger, Delay, Dynacomp e Phase 90.
Depois de um tempo criou, em parceria com a Music Man, as guitarras Music Man Axis EVH signature, passando depois para as guitarras EVH wolfgang, com captadores DiMarzio Custom Made.
Amplificadores a Peavey lançou o modelo 5150, depois o 5150 II.
Atualmente a Fender criou uma réplica exata da frankestein, chamada por Eddie de “My Baby”, além de ainda existirem os modelos Charvel EVH. Eddie usa as EVH Wolfgang criadas por sua própria fábrica agora em 2009 e o amplificador EVH 5150 III.
Eddie em New Haven, 1977
A Dunlop criou os seguintes efeitos signature de Eddie:
MXR Phase 90 EVH
MXR Flanger EVH
MXR Crybaby EVH
Eddie Van Halen utiliza escalas diatônicas e diversos modos como jônio, dórico, eólio, mixólidio e etc. Também utiliza vários arpejos. Sua técnica utiliza bends, ligados, two hands, floyd e harmônicos naturais.
Hoje em dia, a banda Van Halen volta aos palcos com David Lee Roth nos vocais e o filho de Eddie, Wolfgang Van Halen no baixo. Isso é bom para Eddie pois há um tempo ele passou por processos de reabilitação por alcoolismo e muitas drogas, o que pode ser visto nos shows com as atitudes dele, coisas que nunca aconteciam na turnê de Live Without A Net em 1986. Dois exemplos de sua mudança de comportamento foram quando no fim de um show em Tampa EUA em 2008 ele “arremessou” um cabeçote de seu amplificador ao público e outra coisa foi quando ele começou a xingar em seu microfone um fã que não estava gostando do show e inclusive ele fez gestos para tal fã. Isso pode ser visto no YouTube digitando-se: Eddie Van Halen throws speaker at sound man 11-3-07 part2.
Seu primeiro instrumento foi construído por ele mesmo. Foi a Frankenstrat, uma guitarra com corpo Fender Stratocaster 60 e um braço mapple. Sua primeira pintura foi ser inteira branca com listras pretas, isso em 1972. em 1974 Eddie percebeu que havia muitas guitarras com pinturas parecidas , entao pensou: “vou melhorar essa pintura, farei diferente.” Entao Eddie pensou e chegou a conclusao de que a idéia era pintá-la inteira de vermelho com listras brancas e pretas. O corpo da guitarra custou-lhe uns 80 dólares na época e era usado, e o braço uns 50 dólares. Com os captadores ele nao teve dúvidas , usou um captador de uma Gibson Flying V, entao eis a Frankstrat. Hoje a Fender Musical Instruments Corporation juntou-se a Eddie para fazer uma réplica de sua guitarra, mas com todos os detalhes. Entao Eddie aceitou e foram ao trabalho. 2 anos se passaram e terminaram. Estava perfeita em cada detalhe como lascas dos cantos , riscos, queimaduras de cigarros e até mesmo o captador “neck pickup” que nao funciona. Existem somente 300 dela no mundo. E uma dessas custa em torno de 50 mil reais. Hoje Eddie conta com a ajuda tanto com relação a técnicas como de produção musical de um consultor guitarristico brasileiro, Rodrigo Amaral. Esta parceria pode ser ouvida hoje em seus últimos trabalhos.