Álbuns Clássicos: Defenders of the Faith (Judas Priest)

Defenders of the Faith é o nono álbum de estúdio da banda de heavy metal Judas Priest lançado em 1984, primeiramente em fita cassete e vinil. Esse álbum é considerado um clássico do heavy metal com sons pesados, rápidos e harmônicos.

Foram gravados videoclipes para as músicas “Freewheel Burning” e “Love Bites”.

“Rising from darkness where Hell hath no mercy and the screams for vengeance echo on forever. Only those who keep the faith shall escape the wrath of the Metallian… Master of all metal.”
A arte da capa ficou por conta de Doug Johnson (que também projetou o Hellion em Screaming for Vengeance) que retrata o Metallian, um carneiro de chifres agressivo, se portando como um tigre em um ataque. Metallian está aramado até os dentes e tem a forma de um tanque de guerra em ataque.
Eat Me Alive” foi listado na posição # 3 em “Filthy Fifteenthe Parents Music Resource Center, uma lista de 15 canções a organização encontrou mais censurável. Vou postar aqui sobre  o PMRC logo. O co-fundador do PMRC Tipper Gore afirmou que a música era sobre sexo oral com uma arma. Em resposta às alegações, Priest gravou a canção “Parental Guidance” no seu próximo álbum Turbo.
Todas as músicas foram escritas por Rob Halford, K.K. Downing e Glenn Tipton, exceto a música “Some Heads Are Gonna Roll”.

    “Freewheel Burning” – 4:22


    “Jawbreaker” – 3:25
    “Rock Hard Ride Free” – 5:34
    “The Sentinel” – 5:04
    “Love Bites” – 4:47
    “Eat Me Alive” – 3:34

    “Some Heads Are Gonna Roll” (Bob Halligan Jr) – 4:05
    “Night Comes Down” – 3:58
    “Heavy Duty” – 2:25
    “Defenders of the Faith” – 1:30

Faixas bônus de 2001

    “Turn on Your Light” – 5:23
    “Heavy Duty/Defenders of the Faith” (Ao vivo) – 5:26

Formação

    Rob Halford: Vocais
    Glenn Tipton: Guitarras
    K.K. Downing: Guitarras
    Ian Hill: Baixo
    Dave Holland: Bateria

Anúncios

Trailer de "En Vivo" Iron Maiden

EMI definiu a data de lançamento do “En Vivo” para 26 de Março, o novo concerto será lançado em Blu-Ray e dois DVD’s.
“En Vivo” foi filmado em 10 de abril de 2011 com um público de 50.000 fãs em êxtase no Estadio Nacional de Santiago durante a “Round The World In 66 Days”. O show capta uma performance magnífica da banda, ardentemente abraçada pela paixãio Latino e pela energia de seus fãs chilenos. Com cenários e um palco espetacular, a dinâmica e uma musicalidade literalmente é de cair o queixo, este show ao vivo encapsula à perfeição o coração e a alma do IRON MAIDEN 2011.
O concerto foi filmado digitalmente usando 22 câmeras HD e um octocam (a câmera voadora que captura cenas de multidão aérea), gravado em ambos estéreo e áudio 5.1 e mixado pelo produtor de longa data MAIDEN é Kevin “Caveman” Shirley, que serve para acentuar a incrível atmosfera deste desempenho convincente. Uso extensivo é feito de telas divididas para os fãs poderem acompanhar os membros individuais mais perto e o set list se move perfeitamente entre as músicas do álbum MAIDEN de estúdio mais recente.
DVD Disc One – “Live At Estadio Nacional, Santiago” (tempo aproximado de duração: 120 minutos)
01. Satellite 15
02. The Final Frontier
03. El Dorado
04. 2 Minutes To Midnight
05. The Talisman
06. Coming Home
07. Dance Of Death
08. The Trooper
09. The Wicker Man
10. Blood Brothers
11. When The Wild Wind Blows
12. The Evil That Men Do
13. Fear Of The Dark
14. Iron Maiden
15. The Number Of The Beast
16. Hallowed Be Thy Name
17. Running Free
Disco bônus – DVD Disc Two “Behind The Beast” (tempo aproximado de duração: 102 minutos)
01. “Behind The Beast” documentário
02. “Satellite 15 … The Final Frontier” video promo (corte do diretor)
03. “The Making of Satellite 15 … The Final Frontier” promo
04. “The Final Frontier World Tour” Show Intro
Confira um trailer de “En Vivo!” a seguir.

STOP SOPA

A sigla SOPA (Stop Online Piracy Act) significa Lei de Combate à Pirataria Online. Basicamente, esse projeto de lei expande os meios legais para que os detentores dos direitos autorais possam combater o tráfico online de propriedade protegida e de artigos pirateados. Se aprovado, os detentores de propriedade intelectual terão o direito de bloquear indiscriminadamente o conteúdo da web. A Internet livre, como conhecemos hoje, estaria ameaçada.

O projeto será votado em fevereiro pelo Congresso norte-americano e, de acordo com o texto, o SOPA poderá afetar sites do mundo todo. Companhias prestadoras de serviço de acesso à Internet poderão, inclusive, ser indiciadas caso permitam o acesso a conteúdo que infrinja as leis de propriedade intelectual. Da mesma forma, sites de buscas, assim como Google e Bing, seriam obrigados a censurar páginas do tipo.

Um segundo projeto de lei, que também circula no Congresso dos Estados Unidos, é igualmente preocupante. Trata-se do Protect IP, também conhecido como PIPA. A medida, assim como o SOPA, tem a função de combater a pirataria, inclusive atacando sites hospedados fora do território norte-americano.

Alguns dos sites mais acessados na Internet ameaçaram tirar suas páginas do ar temporariamente, um protesto que tem sido chamado de blackout. A Casa Branca e grandes organizações como Google, Mozilla, AOL, LinkedIn, Facebook, Twitter e Zynga devem aderir ao manifesto. O blackout já foi feito por alguns sites, incluindo alguns brasileiros. Entre eles, estão Wikipédia, Idec, A2K Brasil, Cultura Livre, CTS Game Studies, Estrombo,Observatório da Internet, Open Business.

Simples apliquem estes valores que iriam reduzir quase a zero a pirataria:

CD de música = R$ 5,00

DVD Filme ou Show = R$ 7,50
Bluray Filme ou Show = R$ 10,00

Pronto no demais, artista tá chorando que tá tuim de $$$, que venham fazer mais hows no Brasil ou na américa latina, pois U2 milhares de pessoas não conseguiram ingresso. Roger Waters agora é o mesmo trauma, tem público e falta ingresso. Deixa eu fazer um cálculo 60.000 pessoas num show no Morumbi a com ingresso médio à R$ 250,00 dá R$ 15.000.000,00. Tá bom né.

Megaupload já foi fechado hoje.

MegaUpload, one of the largest file-sharing sites on the Internet, has been shut down by federal prosecutors in Virginia. The site’s founder Kim Dotcom and three others were arrested by the police in New Zealand at the request of US authorities. MegaVideo, the streaming site belonging to same company, and a total of 18 domains connected to the Mega company were seized and datacenters in three countries raided.
Just a few weeks ago, MegaUpload founder Kim Dotcom told TorrentFreak that his Mega ventures have nothing to worry about, as they operate within the rules of the law.
“Mega has nothing to fear. Our business is legitimate and protected by the DMCA and similar laws around the world. We work with the best lawyers and play by the rules. We take our legal obligations seriously. Mega’s war chest is full and we have strong supporters backing us,” Dotcom said.
But behind the scenes powerful forces were at work, plotting the forceful demise of MegaUpload, one of the world’s biggest websites.
An indictment unsealed today by the Department of Justice claims MegaUpload has caused the entertainment industries more than $500 million in lost revenue and generated $175 million “in criminal proceeds.”
Two corporations – Megaupload Limited and Vestor Limited – were indicted by a grand jury in the Eastern District of Virginia on January 5th, 2012, and charged with “engaging in a racketeering conspiracy, conspiring to commit copyright infringement, conspiring to commit money laundering and two substantive counts of criminal copyright infringement.”
Today, the authorities executed in excess of 20 search warrants in the United States and eight other countries and seized approximately $50 million in assets. A total of 18 Mega-related domains were seized including Megastuff.co, Megaworld.com, Megaclicks.co, Megastuff.info, Megaclicks.org, Megaworld.mobi, Megastuff.org, Megaclick.us, Mageclick.com, HDmegaporn.com, Megavkdeo.com, Megaupload.com, Megaupload.org, Megarotic.com, Megaclick.com, Megavideo.com, Megavideoclips.com and Megaporn.com.
Data centers in the Netherlands, Canada and Washington were raided. In an apparent reference to the latter, a source has just informed TorrentFreak that the FBI are currently detaining everyone at the ISP Cogent Communications’ headquarters in Washington DC, in connection with a Mega-related search warrant.
In addition to MegaUpload founder Kim Dotcom, another six alleged members of the Mega “conspiracy” were charged in the indictment:
• Finn Batato, 38, a citizen and resident of Germany, who is the chief marketing officer;
• Julius Bencko, 35, a citizen and resident of Slovakia, who is the graphic designer;
• Sven Echternach, 39, a citizen and resident of Germany, who is the head of business development;
• Mathias Ortmann, 40, a citizen of Germany and resident of both Germany and Hong Kong, who is the chief technical officer, co-founder and director;
• Andrus Nomm, 32, a citizen of Estonia and resident of both Turkey and Estonia, who is a software programmer and head of the development software division;
• Bram van der Kolk, aka Bramos, 29, a Dutch citizen and resident of both the Netherlands and New Zealand, who oversees programming and the underlying network structure for the Mega websites.
Dotcom, Batato, Ortmann and van der Kolk were arrested today in Auckland, New Zealand, by authorities there. Bencko, Echternach and Nomm are still at large.
According to the Department of Justice, the individuals named above face a maximum penalty of 20 years in prison on the charge of conspiracy to commit racketeering, five years in prison on the charge of conspiracy to commit copyright infringement, 20 years in prison on the charge of conspiracy to commit money laundering and five years in prison on each of the substantive charges of criminal copyright infringement.
There won’t be any file uploading to popular service Megaupload anytime soon, mega or otherwise. The site has been taken down today amidst FBI charges of criminal copyright infringement, according to the Wall Street Journal.
According to the report, this has nothing to do with the latest outrage against two proposed acts, Stop Online Piracy Act (SOPA) and the PROTECT IP Act (PIPA):
Investigators said there was no connection between arrests in their two-year investigation and the political firestorm that erupted this week over a pending vote on the Stop Online Piracy Act.
It was revealed today that the CEO of Megaupload is none other than Swizz Beatz, husband of popular recording artist Alicia Keys. The site is already battling multiple legal issues, and had a huge public run-in with Universal Music over a video it had posted on YouTube featuring music from some of its hottest artists.
The service has gotten support from well-known artists and figures like P Diddy, Chris Brown, Kanye West, Kim Kardashian, and Black Eyed Peas.
Megaupload is a service that lets you upload and share files of any type or size, and has been accused of becoming a hotbed for the trading of copyrighted content, specifically full albums of music. The indictment referred to Megaupload as being one of the top 20 websites in the world at one point. The site is accused of causing over $500 million in lost revenue from “pirated” content such as music and movies.
So far, the FBI charges consist of seven suspects that work at Megaupload, and four based in New Zealand have been apprehended already.
Source:

You Really Got Me

You Really Got Me
“You Really Got Me” é uma canção de rock escrita por Ray Davies e tocada por sua banda, The Kinks. Ela foi lançada em Agosto de 1964 como o terceiro single do grupo, e chegou ao número 1 da Paradas de sucesso do Reino Unido no mês seguinte. Pra se sincero nunca havia observado ou pesquisado um pouco mais sobre essa música. Assitindo agora o vídeo do The Kinks tocando, putz olha a contribuição que essa banda deu ao rock. Para o ano de gravação dessa música que foi 1964, fiquei realmente impressionado.
Covers
Mott the Hoople lançou ela de forma instrumental em 1969 no álbum Mott the Hoople.
O grupo progressivo 801, que contava com Phil Manzanera e Brian Eno, tocou esta música em um concerto, e incluiu no seu álbum de 1976 intitulado 801 Live.
Robert Palmer lançou esta música em 1978 no seu álbum Double Fun.
Também foi regravada pelo Van Halen.
Legal é tocar os vídeos abaixo e fazer as comparações, apreciando a música nos estilos bem diferentes.

3 Doors Down primeira vez no Brasil

Apresentações do grupo, donos de hits como Here Without You, Let Me Go e Away From The Sun, acontecem no mês de Abril: em Belo Horizonte, Chevrolet Hall no dia 10; em São Paulo, Credicard Hall no dia 12 e Rio de Janeiro, Citibank Hall no dia 13.

“Pela primeira vez eu posso dizer: 3 Doors Down está indo para o Brasil. Nós estamos muito empolgados para tocar na América do Sul e ansiosos para ver nossos fãs brasileiros em abril.” Comenta Brad Arnold, vocalista da banda.

O 3 Doors Down é formado por Brad Arnold (vocalista), Matt Roberts (guitarra solo) e Todd Harrell (baixo), Chris Henderson (guitarra rítmica), Greg Upchurch (bateria). A banda de Mississipi soma 5 álbuns, que já venderam mais de 17 milhões de cópias ao redor do mundo. São eles: The Better Life (2000), Away From The Sun (2002), Another 700 Miles (2003), Seventeen Days (2005), 3 Doors Down (2008), Time Of My Life (2011).

Mais informações serão divulgadas em breve.

30K

Trinta mil acessos ao blog em menos de um ano. Não esperava tanto, começou só como um forma de poder colocar algumas fotos e vídeos dos shows que havia visto até então. Mas quando em janeiro de 2011 com os ingressos de U2 e Iron Maiden na mão, cheguei a conclusão que teria algum material legal pra colocar no blog. Obrigado a todos que as vezes dão uma passadinha por aqui. Abaixo algumas estatísticas, que comprovam que não existe público mais fiel às bandas como o cara que curte um bom rock e um heavy metal de qualidade. Valeu … \m/

A vinda do U2 e Roger Waters bombaram legal o blog.
Coisa boa, Internet Explode não é mais o rei da cocada !!!
Linux com 6%, e dizem que não passa de 1% nos Desktops. Mentira dale Linux !!!