A história do verdadeiro sino de Hell’s Bells

No meio de Loughborough Leicestershire ergue-se o Carillon. Ele é um memorial para os homens da cidade mortos na grande guerra e na segunda guerra mundial. No topo da torre de com mais de 60 metros de altura encontram-se um conjunto de 47 sinos.
O maior sino na torre é o Bell Denison a inscrição onde se lê: – ” Em memória amorosa de orgulho e seus três sobrinhos mortos em ação na França, John William Taylor, Courcelette, 1916; Gerald Bardsley Taylor, St Quentin 1918; Arnold Bradley Taylor, Contalmaison, 1916; filhos de John William Taylor (1853-1919), netos de John William Taylor (1827 – 1906)“.
Foi este sino que foi gravado no verão de 1980 por Tony Platt. 24 microfones cercaram o sino para gravar seu carrilhão.
O sino é um sino Denison de 4 toneladas, que foi feito por J. Taylor & Sons (bellfounders co). O sino que é levado em turnê pelo AC / DC é uma tem apenas uma tonelada e uma réplica da metade do sino criado por Denison. Sempre me interessei pela história do sino de Hells Bells, não sabia se havia sido uma gravação em estúdio, e não imaginava a origem da gravação. Informações obtidas em http://www.crabsodyinblue.com/acdchellsbell.htm.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s